Bolívar não joga e André Bahia é escalado no Botafogo

O técnico Oswaldo de Oliveira confirmou nesta sexta-feira que Bolívar vai desfalcar o Botafogo na primeira rodada da Taça Rio - o segundo turno do Campeonato Carioca. O zagueiro ficou fora do treinamento da equipe pelo terceiro dia seguido e não vai participar do jogo contra o Quisssmã, no Engenhão, neste sábado, quando será substituído por André Bahia. "Bolívar precisa se recuperar, vem de esforço grande, não vai jogar esse jogo. Entra o André Bahia", definiu.

AE, Agência Estado

15 de março de 2013 | 13h45

Em compensação, o lateral-direito Lucas e o meia Fellype Gabriel, que tinham sido poupados da atividade de quinta-feira, treinaram e vão entrar em campo normalmente. Assim, o Botafogo vai jogar com a seguinte formação: Jefferson; Lucas, André Bahia, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Fellype Gabriel, Seedorf e Lodeiro; Rafael Marques.

Campeão da Taça Guanabara, o Botafogo está classificado para a final do Campeonato Carioca, mas Oswaldo prometeu que o time não vai diminuir o ritmo na Taça Rio, pois nova conquista garante o título estadual por antecipação. "Vamos jogar a competição o tempo todo para ganhar, vou procurar escalar o que tiver de melhor para todas as partidas", garantiu.

Assim, Oswaldo prometeu trabalhar com o elenco para evitar qualquer relaxamento. "Temos feito tudo para ter continuidade, me reuni com a comissão técnica e falamos desse assunto. Não podemos esmorecer, tenho passado isso para cada um dos jogadores. Quando sinto um relaxamento natural nos jovens, nos aproximamos e procuramos conscientizá-los. Futebol não tem essa história, virou uma página, tem que começar outra", lembrou.

O treinador ressaltou que a manutenção da boa fase levará o Botafogo a ter ainda mais apoio do seu torcedor. "Podemos dar um passo maior na busca do título e na integração entre torcedor e equipe. Sabemos que, para conseguir vencer, precisamos convencer e ter o apoio da torcida. Abre-se um espaço muito importante para a transpiração de fora contagiar os jogadores e nos levar às vitórias que precisamos", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.