Javier Mamani/Pool via AP
Javier Mamani/Pool via AP

Bolívia e Colômbia marcam belos gols e empatam em La Paz pelas Eliminatórias

Seleções ficaram no 1 a 1 em duelo pela abertura da nona rodada do torneio classificatório para a Copa do Mundo do Catar

Redação, Estadao Conteudo

02 de setembro de 2021 | 19h26

Bolívia e Colômbia abriram nesta quinta-feira a nona rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, no Catar. A partida no estádio Hernando Siles, na altitude de La Paz, terminou empatada em 1 a 1, com dois belos gols. Roger Martínez marcou para os colombianos após bonita jogada individual e Saucedo decretou a igualdade com uma pancada de fora da área no ângulo.

A Colômbia subiu para a quarta posição, com nove pontos, mas pode perder o posto a depende de outros resultados da rodada. Perdeu a chance de se aproximar dos líderes. A Bolívia, que venceu somente um jogo na competição, é a oitava, com seis pontos. Terá de torcer contra Venezuela e Peru para não descer à lanterna.

A Colômbia manteve o seu bom retrospecto jogando em La Paz, onde não perde há 16 anos, e deixou o campo mais satisfeita, já que foi dominada pelo rival em boa parte do jogo. O ponto fora de casa, na altitude boliviana, foi muito comemorado. A equipe treinada por Reinaldo Rueda sentiu falta de Mina, e os atacantes Luis Muriel e Zapata, todos lesionados, além do seu craque James Rodríguez, que perdeu o início de temporada no Everton cumprindo quarentena na Inglaterra. Borja, ex-Palmeiras e hoje no Grêmio, permaneceu no banco.

O Estádio Hernando Siles, em La Paz, recebeu cerca de 15 mil torcedores. Eles viram um jogo muito disputado, animado, mas que careceu de qualidade técnica em alguns momentos, especialmente dos bolivianos, que foram superiores aos colombianos, finalizaram mais vezes, mas não conseguiram transformar o domínio em vitória.

Os dois gols saíram na etapa final. Aos 23 minutos, Roger Martínez recebeu na direita, deu um drible da vaca em Roberto Fernández, invadiu a área e, meio sem ângulo, chutou rasteiro para vencer o goleiro Lampe.

Embora com dificuldade para criar, atrapalhado por suas limitações, o time anfitrião foi atrás do empate e conseguiu. Depois de tanto arriscar de fora da área, a insistência foi premiada. Arce ajeitou para Saucedo soltar a bomba e marcar um golaço que decretou a igualdade. A bola entrou no canto alto de Ospina. No último lance do jogo, Algarañaz recebeu o cartão vermelho após acertar o braço no rosto de Mejía. Ele levou o segundo amarelo dois minutos depois de ter levado o primeiro.

FICHA TÉCNICA

BOLÍVIA 1 X 1 COLÔMBIA

BOLÍVIA - Lampe; Diego Bejarano (Enoumba), Haquín, Jusino e Roberto Fernández (José Sagredo), Villarroel, Chura (Algarañaz), Saavedra e Ramiro Vaca; Juan Arce, Marcelo Moreno e Rodrigo Ramallo. Técnico: César Farias.

COLÔMBIA - Ospina; Muñoz, Davinson Sánchez, Murillo, Tesillo; Barrios (Mejía), Uribe (Cuellar) Cuadrado e Quintero (Andrés Andrade); Luis Díaz (Yairo Moreno) e Roger Martínez (Falcao García). Técnico: Reinaldo Rueda.

GOLS - Roger Martínez, aos 23, e Fernando Saucedo, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Alexis Herrera (Venezuela)

CARTÕES AMARELOS - Jusino, Villarroel, Muñoz

CARTÃO VERMELHO - Algarañaz

LOCAL - Hernando Siles, em La Paz, na Colômbia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.