Gonçalo Junior/Estadão
Gonçalo Junior/Estadão

Bolívia tem de improvisar com vestiário pequeno no CT do São Paulo

Como time de Cuca treinou no mesmo horário, rival do Brasil na Copa América usou vestiário 2, que é menor

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

11 de junho de 2019 | 19h30

A seleção da Bolívia teve de improvisar ao utilizar o vestiário no treino realizado no CT do São Paulo na tarde desta terça-feira. Como o clube paulista também realizou atividades no local e utilizou o vestiário principal, a delegação boliviana teve de ficar no vestiário número 2 do centro de treinamento, com um espaço menor, para se preparar para a estreia na Copa América diante do Brasil. 

Alguns materiais, como chuteiras e caneleiras, ficaram do lado de fora em uma situação que incomodou o técnico Eduardo Villegas. Com o início do treino, a comissão técnica minimizou o episódio. Por meio de sua assessoria de imprensa, o São Paulo informou que os bolivianos já haviam sido avisados sobre a situação.

O clube do Morumbi antecipou sua viagem a Belo Horizonte para oferecer seu centro de treinamento para as seleções a partir desta quarta-feira. O último treino de Cuca antes do duelo contra o Atlético-MG, na quinta-feira, pelo Campeonato Brasileiro, será no CT do Cruzeiro, já em Minas Gerais.

A equipe do técnico Eduardo Villegas se prepara para enfrentar o Brasil, na próxima sexta-feira, na estreia do Grupo A da Copa América. O objetivo principal da Bolívia é superar a fase de grupos. Os outros dois rivais são Venezuela e Peru. Nos quatro amistosos de 2019, a equipe soma um empate (Nicarágua) e três derrotas (França, Japão e Coreia do Sul).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.