Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bolívia x Uruguai abre o segundo turno

Bolívia e Uruguai abrem nesta terça-feira, em La Paz, o segundo turno das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2006. O jogo começará às 17 horas e terá transmissão ao vivo da ESPN/Brasil.As duas equipes estão em situação complicada na tabela - a Bolívia é a lanterna com nove pontos e o Uruguai está em sétimo com 10 -, mas psicologicamente vivem momentos bem diferentes. Os bolivianos ganharam do Peru por 1 a 0, no sábado, e estão muito motivados para conseguir a segunda vitória seguida. Enquanto isso, o Uruguai foi goleado pela Argentina por 4 a 2 e tem o técnico Jorge Fossati na corda bamba.A altitude de 3.600 metros da capital boliviana fará com que o técnico uruguaio mude bastante a escalação. "Vou mandar a campo os jogadores que estão em melhor condição física e sentem menos os efeitos da altitude", avisou Fossati. São esperadas pelo menos seis alterações em relação ao time que perdeu para a Argentina em Buenos Aires."A altitude não nos assusta, mas nos preocupa. Não podemos ignorá-la", disse Fossati. "A Bolívia é muito forte quando joga em casa, mas precisamos da vitória e vamos lutar muito para conseguir."Entre as mudanças previstas, espera-se que entrem na equipe o goleiro Carini, o volante Pablo Garcia e os atacantes Diego Forlán e Regueiro.A delegação uruguaia chegou domingo a Santa Cruz de la Sierra, que fica a 900 quilômetros de La Paz e é ao nível do mar. A viagem para a capital boliviana será nesta terça-feira mesmo, poucas horas antes da partida, para tentar minimizar os efeitos da altitude.Do outro lado, o técnico boliviano Ramiro Blacutt sabe que o ar rarefeito é um dos trunfos de sua equipe e, por isso, quer asfixiar o Uruguai. "Temos que jogar com muita velocidade e fazer a bola circular bastante", explicou.Outra arma da Bolívia serão os chutes de fora da área dos meio-campistas Ronald Garcia, Erwin "Platini" Sanchez e Limberg Gutierrez. "É a primeira vez na minha carreira que tenho três jogadores que chutam tão bem como eles", comemorou o treinador.O desfalque da equipe será o lateral-direito Gatty Ribeiro, expulso na vitória diante do Peru. Mas sua ausência não preocupa o treinador. "Temos vários jogadores que podem substituí-lo", garantiu Blacutt.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.