Divulgação/Borussia Dortmund
Divulgação/Borussia Dortmund

Bomba da 2ª Guerra Mundial é encontrada no estádio do Dortmund

Artefato de 250 quilos estava cinco metros abaixo do nível do Signal-Iduna Park e obrigou a evacuação do local num raio de 250 metros

O Estado de S. Paulo

26 de fevereiro de 2015 | 13h40

Jogadores, funcionários e torcedores do Borussia Dortmund levaram um susto na manhã desta quinta-feira. Uma bomba de 250 quilos da aviação britânica, utilizada na 2ª Guerra Mundial foi encontrada no estádio do clube e obrigou a evacuação do local por um raio de 250 metros.

O artefato foi localizado na zona VIP da tribuna oeste do Signal-Iduna Park, numa profundidade de cinco metros do marco de remodelação do estádio. Uma reunião para avaliar os riscos da bomba acontecerá antes do início do processo de retirada, marcado para esta tarde.

Assustada, a diretoria do Borussia correu logo para proteger seus funcionários e também torcedores. No site oficial do clube, a informação de que a loja oficial e o museu do clube ficarão fechados por tempo indeterminado até que tudo seja resolvido. Os jogadores também ficarão distante para evitar possíveis acidentes.

Depois de perder da Juventus no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, o Dortmund agora se prepara para a manutenção da recuperação no Campeonato Alemão. Sábado o time encara o Schalke 04 e até os trabalhos visando este confronto foram alterados.

A entrevista com o técnico Jurgen Klopp para o jogo deste sábado, agendada para esta quinta-feira, e o último treino de preparação, na sexta, foram transferidos para o centro de treinamento Dortmund-Brackell.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.