Bombas ameaçam copa na Colômbia

A Copa América sofreu nesta sexta-feira mais um golpe que pode ameaçar sua realização na Colômbia, em julho. Duas bombas explodiram na capital Bogotá, cidade que abrigará a final da Copa América, uma delas próxima ao Estádio El Campín. Quatro pessoas morreram e 21 ficaram feridas por causa dos atentados. A Conmebol e diversas federações sul-americanas afastam veementemente a possibilidade de uma possível troca de país-sede, mas a Argentina seria a opção de emergência. Recentemente, outras três cidades-sede foram vítimas das bombas: Cáli, Medellín e Pereira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.