Bonamigo muda o time para surpreender

O caminho que pode levar o Palmeiras a uma vitória no primeiro confronto com o São Paulo, pelas oitavas-de-final da Libertadores, nesta quarta-feira, no Palestra Itália, passa pelas duas laterais do campo. O técnico Paulo Bonamigo acredita que para vencer o clássico, sua equipe terá de parar os alas são-paulinos, Cicinho e principalmente Júnior.Não por acaso o treinador do Palmeiras resolveu trocar o seu lateral-direito. Bonamigo escalou Bruno no lugar de André Cunha, porque entende que o novo titular é o mais indicado para conter os avanços de Junior.Além disso, Bonamigo escalou o time com três zagueiros - Daniel, Gabriel e Gláuber. Assim, Juninho Paulista será o responsável pela armação das jogadas no meio e Marcinho estará ao lado de Washington no ataque.Supresa palmeirense - O próprio Bruno, após o treino coletivo desta terça-feira, no Palestra Itália, entregou o chefe. "Ele (Bonamigo) disse que nós poderemos ganhar o jogo naquele setor", admitiu.Na prática, Bonamigo quer surpeender o São Paulo. O técnico entende que a melhor alternativa para inibir os avanços de Júnior não é escalar alguém de boa qualidade na marcação em seu encalço. Fez justamente o contrário, usando um lateral com uma freqüência ofensiva tão boa quanto a do próprio ala do São Paulo.Nas palavras do próprio Bruno está a certeza de que é por aí. "Se o Júnior me fizer correr atrás dele, pode ter certeza que ele também terá de correr atrás de mim. Porque vou jogar com total liberdade para atacar", avisou."Até já estudei como o Júnior gosta de atuar. Ele é um jogador muito rápido, que dificilmente entra pelo meio. Ele gosta de ir à linha de fundo, para cruzar. De minha parte, vou estar atento", contou Bruno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.