Bonamigo pede calma ao Coritiba

A necessidade de vencer o Ituano, nesta quarta-feira, no Couto Pereira, em Curitiba, por uma diferença de três gols tem levado o técnico do Coritiba, Paulo Bonamigo, a alertar os jogadores para terem muita tranqüilidade. "Tem que atacar de forma organizada", insiste. "Tem que ter coerência no posicionamento, pois se sofrer um gol tem que fazer quatro." Finalista do Campeonato Paranaense, em que leva todas as vantagens por ter encerrado a fase classificatória em primeiro lugar, o time espera vencer a adversidade na Copa do Brasil. Na primeira partida, o Ituano venceu por 2 a 0. "Nos preparamos e nos condicionamos para isso", diz o meia Roberto Brum. "Se tivermos empenho e concentração nós vamos conseguir (passar para a próxima fase)." Confiante de que um grande número de torcedores deve prestigiar o time, o meia Tcheco adverte: "Embora deseje um resultado imediato, a torcida tem que ter um pouco de paciência". O técnico poderá repetir a escalação do time que iniciou o jogo de sábado passado, contra o Londrina. E espera contar ainda com o reforço do lateral-esquerdo Leandro. Ex-jogador do Malutrom, ele pode ter sua situação regularizada na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e estrear ainda amanhã. O titular da lateral-esquerda, Adriano, ainda está com a seleção sub-20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.