Bonamigo sem medo de lançar os jovens

Mesmo lançando jogadores jovens, como Marcus Vinícius, Francis, Reinaldo e Alex Afonso, o técnico Paulo Bonamigo garante que o Palmeiras não será uma equipe imatura contra o Fortaleza, domingo, às 18h10, no Palestra Itália. "É um time mesclado. Temos jogadores experientes, que darão apoio aos que estão entrando. Marcinho, Pedrinho, Marcos e Gamarra são jogadores rodados, que transmitirão equilíbrio ao time", explicou o treinador.Mas Bonamigo sabe que está apostando alto: "Eu sei que é um risco danado. Nem sempre podemos colocar esses jogadores num momento bom do time. Acontece que treinam bem, mostram qualidade e são jogadores que sonham em vestir a camisa do clube. Tenho certeza de que farão isso com dignidade."O treinador diagnosticou um problema do time: saída de bola. E, para resolver essa deficiência, vai mexer nas peças. Os volantes Marcinho Guerreiro e Alceu receberam elogios pelo poder de marcação, mas devem ficar de fora da partida contra o Fortaleza. Entram Francis e Reinaldo, dois jovens revelados no clube.Em parte, a mexida no setor foi provocada pelos desfalques de Correa e Juninho Paulista, ambos suspensos, mas as saídas de Alceu e Marcinho Guerreiro ocorreram por opção tática.Sobre a possibilidade de pedir demissão em caso de derrota no domingo, Bonamigo declarou: ?Confio no meu trabalho. Não posso adiantar o que vai acontecer, principalmente no caso de um resultado negativo. Vai depender muito do momento, da emoção. Sinto que o grupo acredita no projeto, mas precisamos conseguir os resultados."No Tribunal - Nesta sexta-feira, o Palmeiras foi notificado de que o lateral Baiano será julgado, na próxima quarta, por dois artigos: 255, ato de indisciplina (um a três jogos de suspensão), e 258, hostilidade contra adversário ou árbitro (um a dez jogos de suspensão). Ele agrediu o argentino Tevez, do Corinthians, no clássico de domingo passado.No mesmo dia, o Palmeiras será julgado pela invasão de torcedor também no clássico contra o Corinthians. Pode pegar de um a três jogos de perda de mando, mais multa de R$ 50 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.