Bope faz inespeção em ginásio do Mundial de Futsal

Batalhão faz vistoria para procurar no local possíveis locais de bombas e outros tipos de artefatos

Giuliander Carpes - O Estado de S. Paulo,

27 de setembro de 2008 | 15h25

Quem chegou ao ginásio do Centro Educacional La Salle pode ter tomado um susto nesta manhã de sexta-feira. Logo cedo, antes do treinamento da seleção brasileira, viaturas e soldados do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) de Brasília estavam no local. O motivo: fazer vistoria preventiva.Veja também:Galeria de fotos - Trajetória da seleção brasileira nos Mundiais"Foi só um procedimento de rotina", explicou o sargento Nascimento (qualquer semelhança com o filme Tropa de Elite não passa de coincidência). "Fizemos uma inspeção para procurar possíveis locais de bombas e outros tipos de artefatos."Enquanto os soldados do Batalhão estavam vistoriando o ginásio, não foi permitido o acesso de ninguém. Mais tarde, porém, os policiais assistiram parte do treinamento da seleção. Não havia bomba alguma no local, é claro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.