Borges: artilharia só vem depois do título do Paulistão

Atacante está apenas dois gols atrás dos artilheiros Pedrão, do Barueri, e Kleber Pereira, do Santos

Redação

29 de março de 2008 | 14h00

O primeiro gol na temporada demorou dez jogos para acontecer, mas depois disto, o atacante deslanchou. Borges fez dois e garantiu a vitória do São Paulo sobre o Paulista, no Morumbi, dia 21 de fevereiro e agora já soma nove, todos pelo Campeonato Paulista, apenas dois a menos os artilheiros do Estadual. Pedrão (Barueri) e Kleber Pereira (Santos), ambos com 11 gols.   Apesar da possibilidade, camisa 17 do São Paulo se mostra mais preocupado em ser campeão. "O mais importante para nós é conquistar o título", disse Borges, que revela ter aprendido a lição do ano passado. "Estávamos jogando bem, mas perdemos feio para o São Caetano na semifinal e fomos eliminados. Agora estamos bem quietinhos, comendo pelas beiradas e crescendo na hora certa."   DE LEVEO São Paulo fez apenas um treino leve neste sábado, véspera do jogo que pode definir a classificação para a semifinal do Paulistão, contra o Bragantino, em Bragança Paulista. O técnico Muricy Ramalho não realizou nenhum trabalho tático e os jogadores participaram apenas do rachão.   Outro que também está 'de leve' voltando aos gramados é Alex Silva. Apesar de voltar a treinar isolado com bola na sexta-feira, o zagueiro ainda segue fora do time. O jogador ainda precisa recuperar a forma física depois da operação no joelho direito e não deverá voltar a jogar no Paulistão. Assim, a zaga são-paulina para o jogo de domingo deverá ser formada por Zé Luis, Miranda e André Dias.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCBorges

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.