Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Borges descarta favoritismo do Vasco em decisão

O técnico do Vasco, Cristóvão Borges, admitiu nesta sexta-feira a superioridade, pelo menos estatística, da equipe sobre o Fluminense, rival na decisão de domingo da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. O treinador, no entanto, não acredita em favoritismo.

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2012 | 18h43

"O Vasco tem uma campanha 100%, estatisticamente isso é um fato. Mas não podemos nos iludir com isso", disse. Segundo ele, Vasco e Fluminense são "equipes fortíssimas e existe um grande equilíbrio". "Jogos assim são muito complicados, mas existem detalhes que fazem uma equipe dominar a outra e vencer", afirmou.

Em preparação para o clássico contra o Fluminense, até o goleiro Fernando Prass treinou cobranças de pênaltis nesta sexta. De sete chutes, converteu cinco.

JUSTIÇA - Nesta sexta, o clube apresentou à Justiça do Trabalho os comprovantes de pagamento dos salários atrasados ao meia Bernardo, que ingressou com ação contra o clube em 15 de fevereiro. "Vamos definir o que fazer em relação ao jogador assim que o juiz der o seu parecer", disse o diretor de futebol do Vasco, Daniel Freitas. O advogado do meia ainda não informou se vai retirar a ação contra o clube.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoCristóvão Borges

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.