Borges recebe alta, mas vai repousar por 48 horas

Não passou de um susto o choque sofrido na cabeça pelo atacante Borges em uma disputa de bola durante a partida entre São Paulo e Atlético Paranaense, domingo, no Estádio do Morumbi. O jogador teve que ser substituído, realizou exames e foi liberado do hospital nesta segunda-feira.

AE, Agencia Estado

18 de maio de 2009 | 12h48

"O Borges sofreu uma pancada na cabeça durante disputa de bola, não se sentiu bem e foi encaminhado ao hospital onde fez tomografia computadorizada de crânio que nada constatou", explicou José Sanchez, médico do São Paulo.

Borges, porém, não vai participar dos treinamentos do São Paulo nos próximos dois dias. "O Borges já se sente bem, sem queixas, mas deverá permanecer afastado e em repouso pelas próximas 48 horas", disse Sanchez.

A situação de Bosco segue indefinida. O goleiro realizou fisioterapia nesta manhã e vai fazer exame de ressonância magnética. "O Bosco sofreu um trauma com entorse do joelho esquerdo durante o jogo. Ele evoluiu com dor e inchaço no local, por isso realizará ainda hoje uma ressonância magnética para avaliar o que houve", afirmou o médico são-paulino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.