Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Borja comemora retomada da parceria com Guerra em gol pelo Palmeiras no Paulistão

'É uma bênção ter ele ao nosso lado para jogar', afirma atacante colombiano

Ciro Campos, Estadao Conteudo

07 de abril de 2017 | 23h22

A dupla de jogadores trazida do Atlético Nacional, da Colômbia, fez nesta sexta-feira a primeira parceria em um lance de gol do Palmeiras. O meia venezuelano Guerra deu a assistência para o atacante colombiano Borja marcar o segundo na vitória por 3 a 0 sobre o Novorizontino, pelo Campeonato Paulista, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. O resultado classificou a equipe para a semifinal da competição.

Ao fim do jogo, o autor do gol celebrou o entrosamento. "O Guerra é um grande jogador. É o melhor da Venezuela. É uma grande bênção ter ele ao nosso lado para jogar", afirmou Borja, que agora tem quatro gols pelo clube. Os dois se conheceram no ano passado, no futebol colombiano, onde foram campeões da Copa Libertadores. Curiosamente, a dupla se transferiu junta para o Palmeiras.

Guerra veio primeiro, em uma transferência de aproximadamente R$ 11 milhões. Borja viria depois, por R$ 33 milhões. Os dois foram contratados com recursos da patrocinadora do clube, a Crefisa. Nesta sexta-feira, pela primeira vez ambos atuaram juntos na construção de um gol do Palmeiras. A parceria foi retomada logo no primeiro mata-mata da equipe no ano.

"Nosso time é muito forte e cada vez vamos jogar melhor. Vamos tentar ser campeões. Dessa maneira que nós jogamos, podemos ainda melhorar", disse Borja, que tem a média de um gol a cada dois jogos pelo clube. "Eu tenho que agradecer a equipe. O time me deu a mão, me ajudou e o técnico tem acreditado muito em mim", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.