Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Borja diz não ter comemorado gols por ser torcedor do Junior Barranquilla

Atacante colombiano chama a atenção após não demonstrar empolgação em vitória do Palmeiras

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

17 Maio 2018 | 00h07

O colombiano Borja conseguiu um feito inédito pelo Palmeiras nesta quarta-feira, mas não quis comemorar. O atacante marcou os três gols do time na vitória por 3 a 1 sobre o Junior Barranquilla, no Allianz Parque, pela Copa Libertadores, e disse após o jogo que não celebrou nenhum dos lances por respeito à equipe colombiana, da qual é torcedor desde criança.

+ LANCES - Palmeiras 3 x 1 Junior Barranquilla

+ Em reencontro com torcida, Flamengo vence Emelec e avança na Libertadores

Foi a primeira vez em que Borja marcou três gols no mesmo jogo pelo Palmeiras. O resultado valeu ao time a melhor campanha da fase de grupos da Copa Libertadores, com cinco vitórias e um empate. "Não festejei (os gols) porque torço para o Junior. Claro que existe uma felicidade, mas tristeza também porque eles tinham de ganhar em Barranquilla contra o Boca Juniors. Mas fizemos nosso trabalho", disse Borja em entrevista à TV Globo.

A vitória palmeirense eliminou o Junior da Copa Libertadores. O Boca Juniors contou com o resultado para se classificar às oitavas de final, pois em casa, na Argentina, goleou o Alianza Lima e garantiu a segunda vaga do grupo. A equipe colombiana precisava ganhar em São Paulo para poder avançar.

Borja deixou o campo aplaudido e se recuperou de vaias e reclamações de torcedores por ter ido mal em partidas recentes, como na derrota para o Corinthians por 1 a 0, no último domingo. "Grande resultado (contra o Junior). Jogamos muito bem. Cada minuto que foi passando, fomos melhorando", disse o atacante, que nesta semana foi pré-convocado pela Colômbia para a Copa do Mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.