Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Borja se irrita com cobrança de Thiago Santos em treino do Palmeiras

Colombiano discutiu com o companheiro, deixou o campo e sentou à beira do gramado

Estadão Conteúdo

19 de setembro de 2017 | 19h35

O treino para os reservas do Palmeiras nesta terça-feira, durante a reapresentação após a vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, foi marcado por dois fatos. O coletivo foi o primeiro com participação de Felipe Melo desde a reintegração ao elenco, há duas semanas, e teve ainda um episódio de irritação do colombiano Miguel Borja, que não gostou de ser cobrado pelo volante Thiago Santos.

Na atividade, o atacante colombiano não gostou de levar uma bronca sobre a falta de ajuda à marcação. Borja discutiu com o colega, deixou o campo e sentou à beira do gramado. Irritado, ele foi procurado e acalmado pelo técnico Cuca, que intermediou um encontro entre o jogador e Thiago Santos. Os dois se cumprimentaram, conversaram e foram ao vestiário.

No trabalho em campo, comandado pelo auxiliar Alberto Valentim, Felipe Melo integrou o time junto com os reservas e jogadores que estavam suspensos e não enfrentaram o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro, como foram os casos do zagueiro Luan e do atacante Willian. Até essa atividade, o volante vinha fazendo treinos separado do restante dos companheiros, apesar de ser no mesmo horário. Enquanto isso, os titulares fizeram apenas um trabalho regenerativo e não foram a campo. A equipe volta aos treinos na tarde de quarta-feira. O próximo compromisso é o jogo com o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, no próximo domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.