Martin Meissner / AP
Martin Meissner / AP

Borussia Dortmund atropela o Eintracht Frankfurt antes de encarar o PSG

Piszczek, Jadon Sancho, Haaland e Raphael Guerreiro marcaram os gols da equipe, agora vice-líder

Redação, Estadão Conteúdo

14 de fevereiro de 2020 | 18h58

O Borussia Dortmund chega com o moral elevado para enfrentar o Paris Saint-Germain na terça-feira, na Alemanha, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Nesta sexta, o time do técnico Lucien Favre teve uma atuação quase perfeita e atropelou o Eintracht Frankfurt por 4 a 0, no Signal Iduna Park, pelo Campeonato Alemão.

Com o resultado, o Borussia Dortmund chegou aos 42 pontos, mesma pontuação do RB Leipzig, e subiu para o segundo lugar, um ponto atrás do líder Bayern de Munique. Os gols foram de Lukasz Piszczek, Jadon Sancho, Erling Haaland e Raphael Guerreiro. O Eintracht Frankfurt permaneceu com 28 pontos e ocupa o nono lugar.

A etapa inicial foi toda do Borussia Dortmund. A equipe da casa teve o domínio do jogo, registrou 67% de posse da bola nos 45 minutos iniciais e finalizou oito vezes contra o gol de Kevin Trapp. Faltou só caprichar um pouco mais na pontaria. Apenas uma das finalizações foi correta. E isso bastou para ir ao intervalo com vantagem no placar.

O gol do Borussia Dortmund foi marcado aos 33 minutos. O marroquino Achraf Hakimi recebeu na direita, observou Lukasz Piszczek livre na entrada da área e rolou para o lateral. O polonês ajeitou e finalizou de pé esquerdo rasteiro, no canto, sem chances para o goleiro do Eintracht Frankfurt.

A equipe de Lucien Favre voltou para o segundo tempo como um rolo compressor. Com 9 minutos, o placar já apontava 3 a 0. O segundo gol nasceu de uma contra-ataque perfeito, aos 4. Mats Hummels recuperou a bola na defesa e tocou para Axel Witsel, que lançou Jadon Sancho na direita. O inglês entrou na área, ficou livre após David Abraham dar um carrinho sem sentido e bateu rasteiro para marcar.

O terceiro foi de Erling Haaland, aos 9. A joia norueguesa foi inteligente ao escapar da marcação na área para completar para o gol após cruzamento rasteiro de Achraf Hakimi, em jogada de Jadon Sancho. Foi o oitavo do atacante em apenas quatro jogos pelo Campeonato Alemão. E olha que ele passou em branco contra o Bayer Leverkusen, na rodada anterior.

A goleada foi desenhada aos 29 minutos. A defesa do Eintracht Frankfurt bateu cabeça em uma jogada na área, errou na saída de bola e Raphael Guerreiro aproveitou. O lateral português acertou um chute forte de pé esquerdo, rasteiro, mais uma vez sem chance para Trapp. Jogo decidido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.