Fabian Bimmer/Reuters
Fabian Bimmer/Reuters

Borussia Dortmund cede empate ao Werder Bremen e se distancia do título alemão

Equipe fica no 2 a 2 fora de casa e vê Bayern de Munique abrir quatro pontos de frente

Redação, Estadão Conteúdo

04 de maio de 2019 | 16h10

O Borussia Dortmund ficou mais longe da conquista do título do Campeonato Alemão, ao empatar, neste sábado, por 2 a 2, diante do Werder Bremen, no campo do adversário, pela 32ª rodada. Com o resultado, a equipe visitante soma 70 pontos, quatro atrás do líder Bayern de Munique, a dois jogos do fim da competição. O time da casa chegou aos 47 pontos e tem poucas chances de ficar com uma vaga na Liga Europa.

O Borussia deu a impressão de que conseguiria uma vitória tranquila, quando o norte-americano Christian Pulisic abriu o placar aos 6 minutos de jogo. Em bela cobrança de falta, o espanhol Paco Alcácer fez o segundo gol dos visitantes, aos 41 da etapa inicial.

Mas o segundo tempo foi totalmente diferente. Sem se incomodar com a melhor técnica do adversário, o Werder Bremen foi para o ataque, pressionou o vice-líder do campeonato e ainda não propiciou contragolpes.

Para piorar para a situação do Dortmund, o goleiro Roman Burki falhou na finalização de Kevin Mohwald no primeiro gol do Bremen, aos 24 minutos. Não demorou muito e Claudio Pizarro, aos 30, fez o gol de empate, após rápida penetração na área.

Daí para frente o domínio foi todo do Werder Bremen, que só não virou o placar graças a boas defesas de Burki, que se recuperou do erro no primeiro gol do adversário.

O campeonato poderá ser decidido a favor do Bayern na rodada do próximo fim de semana, a penúltima da temporada. Basta que o time de Munique e o de Dortmund obtenham resultados semelhantes. Desta forma, a diferença de quatro pontos será mantida e restará apenas uma rodada a ser jogada.

No sábado que vem, o Dortmund recebe o Fortuna Düsseldorf (11º colocado), enquanto o Bayern vai visitar o RB Leipzig, terceiro classificado, e que ainda sonha em ficar com o vice-campeonato. O time soma 65 pontos, cinco atrás do Dortmund.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.