Ina Fassdender/Reuters
Ina Fassdender/Reuters

Borussia Dortmund prorroga por 2 anos e Juergen Klopp fica até 2018

Pela equipe, alemão já conquistou o campeonato nacional e foi vice-campeão europeu

Agência Estado

30 de outubro de 2013 | 11h32

DORTMUND - Vice-campeão europeu na temporada passada, Juergen Klopp assinou nesta quarta-feira uma extensão de dois anos do seu contrato com o Borussia Dortmund, surpreendendo a imprensa alemã. Agora o jovem treinador de 46 anos, que chegou a ser apontado como possível substituto de Tito Vilanova no Barcelona, tem contrato válido com o Borussia até junho de 2018 - para esta e mais quatro temporadas, portanto.

Klopp, jogador que defendeu o Mainz 05 durante toda a sua carreira, encerrada em 2001, treinou esta equipe desde que pendurou as chuteiras até 2008, quando chegou ao Borussia. Agora, se as duas partes cumprirem o acordo até o fim, ele completará uma década treinando o time de Dortmund. Em 30 anos como profissional do futebol, terá passado por apenas dois clubes. No Borussia, Klopp conquistou o bicampeonato alemão em 2011/2012 e também a Copa da Alemanha de 2012. Na atual temporada do Alemão, seu time está a um ponto de distância do cada vez mais arquirrival Bayern de Munique, depois de 10 rodadas. A equipe amarela conquistou 25 pontos em 30 possíveis.

"Ninguém precisa mais conversar até 2018. Nós temos uma extraordinária confiança neste clube e este é um sinal claro. Ter quatro anos e meio de segurança no emprego, no nosso ramo, é algo incomum, mas não vamos nos acomodar. Ainda temos muito apetite", declarou Klopp, que no ano que vem já se tornará o técnico a mais tempo como treinador do Dortmund, superando Ottmar Hitzfeld, que venceu a Liga dos Campeões em 2007 e na temporada seguinte se transferiu para o Bayern.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.