Divulgação
Divulgação

Dortmund leva três gols, mas vira para 4 a 3 na Liga Europa

Alemães buscam placar incrível na Noruega diante do Odd Grenland

Estadão Conteúdo

20 de agosto de 2015 | 17h45

Vice-campeão europeu na temporada retrasada, o Borussia Dortmund tem que se contentar agora em tentar uma vaga na Liga Europa. Nesta quinta-feira, na rodada de ida dos playoffs - classificatória para a fase de grupos -, o time alemão saiu perdendo para o Odd Grenland Skien, da Noruega, por 3 a 0, fora de casa, mas conseguiu uma virada incrível, por 4 a 3.

Todos os gols dos noruegueses foram marcados antes dos 25 minutos do primeiro tempo. A reação começou aos 34, com Aubameyang. Na segunda etapa, Kagawa marcou o segundo e o gabonês Aubameyang deixou tudo igual aos 31. A virada aconteceu só cinco minutos antes do fim, com o armênio Mkhitaryan. A partida de volta, na Alemanha, acontece daqui a uma semana.

Na Grécia, Van Persie encerrou um jejum de gols que durava desde fevereiro. Em sua terceira partida oficial pelo Fenerbahce, o holandês saiu do banco de reservas para, aos 45 do segundo tempo, fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Atromitos. A equipe turca contou com Diego, Souza e Fernandão entre os titulares.

O grande nome da rodada da Liga Europa, entretanto, foi um brasileiro. Willian, de 23 anos, formado nas categorias de base do Botafogo, saiu do banco de reservas para marcar os dois gols da virada do modesto Zilina, da Eslovênia, sobre o Athletic de Bilbao, da Espanha, por 3 a 2.

O Bilbao, que ganhou o título da Supercopa da Espanha sobre o Barcelona, saiu na frente e abriu 2 a 0 fora de casa, com gols de Sabin e Kike Sola. O Zilina só descontou aos 21 do segundo tempo, com Paur. Willian empatou aos 32 e virou a partida no último minuto, aos 46.

Outro brasileiro a marcar na rodada foi o desconhecido Rick Boldrin, que fez um dos gols da vitória do Astra Ploiesti, da Romênia, por 3 a 2, sobre o AZ Alkmaar, da Holanda. Em Amsterdã, o Ajax contou com um gol de pênalti para vencer Jablonec, da República Checa, por apenas 1 a 0.

Richard, ex-Santo André, fez o gol da vitória do Karabakh Agdam, do Azerbaijão, sobre o Young Boys, em plena Suíça, enquanto Wanderson ajudou o Krasnodar, da Rússia, a fazer 5 a 1 no Helsinki, da Finlândia.

Em Andorra, o meia francês Hamouma perdeu um pênalti, fez um gol e foi expulso na vitória do Saint-Étienne, por 1 a 0, sobre o Milsami. O Dínamo Misk, da Bielo-Rússia, fez 2 a 0 no Red Bull Salzburg, da Áustria, que teve como titular o ex-são-paulino Paulo Miranda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.