Michael Probst/ AP
Michael Probst/ AP

Borussia só empata e deixa Bayern isolado na liderança do Alemão

Schalke, Monchengladbach e Stuttgart garantem mais três pontos

Estadão Conteúdo

23 de setembro de 2015 | 17h24

O Borussia Dortmund tropeçou nesta quarta-feira e favoreceu o Bayern de Munique na tabela do Campeonato Alemão. Ao empatar com o Hoffenheim, fora de casa, por 1 a 1, a equipe de Dortmund deixou o rival despontar isolado na classificação.

O time de Munique goleou o Wolfsburg por 5 a 1, com todos os gols marcados por Robert Lewandowski, na terça, e sustentou a liderança, com 18. Se tivesse vencido nesta quarta, o Borussia se manteria empatado com o atual campeão. Mas o time de Dortmund perdeu o 100% de aproveitamento na casa do Hoffenheim e agora tem 16.

Na verdade, o Borussia esteve perto até de perder a invencibilidade na competição, porque o time da casa abriu o placar no fim do primeiro tempo. Sebastian Rudy disparou pela direita, entrou na área e bateu cruzado para o fundo das redes, aos 42 minutos. Na sequência, Vargas teve grande chance para ampliar, mas acertou a trave.

A resposta dos visitantes veio apenas no segundo tempo. Pierre-Emerick Aubameyang anotou o gol do Borussia aos 10 minutos, para assegurar ao menos um ponto na tabela. O empate deixou o Hoffenheim em situação complicada na classificação, com apenas dois pontos. Ocupa apenas a penúltima colocação.

Em terceiro lugar, o Schalke sustentou a posição ao vencer o Eintracht Frankfurt por 2 a 0, com gols de Joel Matip e Leroy Sane. Com a vitória, a equipe chegou aos 13 pontos.

Pela mesma rodada, o Borussia Moenchengladbach derrotou o Augsburg por 4 a 2, com gols de Fabian Johnson, Granit Xhaka, Lars Stindl e Mahmoud Dahoud. Os dois gols do Augsburg saíram em cobranças de pênalti convertidas por Paul Verhaegh.

O Stuttgart fez 3 a 1 no Hannover, fora de casa, enquanto o Bayer Leverkusen superou o Mainz por 1 a 0, diante de sua torcida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.