Borussia Dortmund vence Mainz em duelo marcado por morte de torcedor

O Borussia Dortmund venceu o Mainz por 2 a 0, neste domingo, em casa, em duelo que ficou marcado por uma tragédia nas arquibancadas. Dois torcedores sofreram ataque cardíaco durante a partida. Um deles morreu e outro foi encaminhado para o hospital e está em quadro estável de acordo com a informação repassada pelo diretor de imprensa do Dortmund, Sascha Fligge, em entrevista à agência de notícias The Associated Press.

Estadão Conteúdo

13 de março de 2016 | 16h15

Em campo, o time anfitrião abriu o marcador com Marco Reus aos 30 minutos do primeiro tempo. Sem saber do ocorrido nas arquibancadas, os jogadores estranharam o silêncio dos torcedores. As bandeiras permaneceram guardadas e ninguém mais cantou até o final da partida. Kagawa ampliou aos 28 da etapa final.

Ao final do jogo, os torcedores cantaram a canção "You'll Never Walk Alone" (na tradução "Você nunca andará sozinho"), em homenagem ao torcedor. A vitória mantém os anfitriões na caça ao líder Bayern de Munique, que no sábado goleou o Werder Bremen por 5 a 0.

O primeiro colocado tem 66 pontos, contra 61 do segundo. O Mainz, apesar da derrota, continua na sexta colocação, que garante vaga à Liga Europa, com 40 pontos. Na próxima rodada, o Borussia visita o Augsburg no domingo, enquanto o líder joga no sábado contra o Colônia, fora de casa. Também no sábado, o Mainz visita o Werder Bremen.

Antes do duelo pelo Alemão, o Borussia enfrentará o Tottenham, fora de casa, no jogo de volta das oitavas de final da Liga Europa. Na primeira partida, o time alemão venceu por 3 a 0 e agora pode perder por até dois gols de diferença que avança na competição.

LEVERKUSEN VENCE - No outro jogo deste domingo, o Bayer Leverkusen derrotou o Hamburgo por 1 a 0, em casa, graças a um gol contra de Albin Ekdal. Com o resultado, o time anfitrião subiu para a sétima colocação, com 39 pontos, na luta por uma vaga na Liga Europa. Os visitantes estão em 12º lugar, com 31.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.