Federico Gambarini/EFE
Federico Gambarini/EFE

Borussia Dortmund vence St. Pauli no Alemão

Com a vitória por 2 a 0, time abre 13 pontos de vantagem para os vice-líderes

AE, Agência Estado

19 de fevereiro de 2011 | 14h59

DORTMUND - O Borussia Dortmund segue firme na liderança do Campeonato Alemão. Neste sábado, em partida válida pela 23ª rodada, a equipe confirmou a sua força e derrotou, em casa, o St. Pauli por 2 a 0. Assim, o time do brasileiro Felipe Santana chegou aos 55 pontos, com 13 de vantagem para Bayern de Munique e o Bayer Leverkusen, que está na segunda colocação e só vai entrar em campo no domingo. Já o St. Pauli está na 11ª posição, com 28 pontos.

O atacante Lucas Barrios abriu o placar aos 39 minutos, após receber a bola na área, girar sobre o seu marcador e finalizar, sem chance de defesa para o goleiro do St. Pauli. O segundo gol da partida saiu aos quatro minutos do segundo tempo e também teve a participação de Barrios. Ele fez boa jogada, cruzou para área e Gunesch, na tentativa de cortar, empurrou a bola para a própria meta.

Com Diego, de volta ao time após suspensão, e Cícero entre os titulares, o Wolfsburg não conseguiu superar a má fase e perdeu fora de casa para o Freiburg por 2 a 1, de virada. Assim, a equipe está apenas em 15º lugar, ameaçada de rebaixamento, com 23 pontos. Já o Freiburg é o sexto, com 37 pontos. Patrick Helmes, para o Wolfsburg, e Stefan Reisinger e Papiss Demba Cissé, para o Freiburg, fizeram os gols da partida.

Uma das surpresas do Campeonato Alemão, o Hannover venceu, em casa, o Kaiserslautern por 3 a 0. O resultado deixou a equipe na terceira colocação, com 41 pontos. Em casa, o Hamburgo goleou o Werder Bremen por 4 a 0, dois gols de José Paolo Guerrero, um Mladen Patric e um de Änis Ben-Hatira. Agora, o Hamburgo é o sétimo, com 36 pontos, e o Bremen está apenas na 14ª colocação, com 24 pontos. Já o Hoffenheim empatou com o Colônia por 1 a 1.

Veja também:

link Bayern vence Mainz, vira segundo e aguarda clássico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.