Borussia vence clássico, quebra tabu e abre vantagem

Só uma zebra histórica tira do Borussia Dortmund o título do Campeonato Alemão. Neste sábado, no maior clássico do futebol germânico, a equipe amarela foi até Munique, venceu por 3 a 1 e abriu 16 pontos de vantagem sobre o rival, agora quarto colocado. A distância para o Bayer Leverkusen, vice-líder, é de 13 pontos, faltando dez rodadas para o final do torneio.

AE, Agência Estado

26 de fevereiro de 2011 | 16h50

Atual vice-campeão da Liga dos Campeões e vindo de uma vitória importante sobre o Inter de Milão, fora de casa, nas oitavas de final da competição europeia, o Bayern foi presa fácil para o Borussia, mesmo em casa. Para piorar a situação, foi ultrapassado pelo Hannover na tabela e deixou a zona de classificação à Liga dos Campeões da próxima temporada.

A vitória da equipe de Dortmund foi efusivamente comemorada por jogadores, comissão técnica e torcida na Allianz Arena. Não apenas pela vantagem ampliada na ponta, mas também porque põe fim a um tabu de vinte longos anos sem que o Borussia vencesse o seu maior rival na casa do adversário.

Os visitantes saíram na frente do placar, com Lucas Barrios, logo no início do jogo. O brasileiro Luis Gustavo, jovem estrela brasileira do Bayern, contratado recentemente junto ao Hoffenheim, empatou. Dois minutos depois, o Borussia voltou à frente, com Nuri Shaim.

A vantagem foi ampliada aos 14 minutos do segundo tempo, com Mats Hummels. Sabendo que aquela era a última chance de seguir sonhando com o título alemão, o Bayern partiu para a pressão, criou chances de gol, mas não conseguiu nem mesmo reduzir a desigualdade no placar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.