Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Bosco e André Dias admitem erro em gol do Corinthians

Goleiro e zagueiro confessam que falharam e entregaram a bola nos pés de Ronaldo, que marcou o primeiro gol

Agencia Estado

27 de setembro de 2009 | 20h10

Tanto André Dias quanto Bosco admitiram a culpa no gol do Corinthians no clássico deste domingo, no Morumbi, no empate em 1 a 1, quando os dois se atrapalharam e a bola sobrou sozinha para Ronaldo marcar. Enquanto o zagueiro do São Paulo reconheceu que deveria ter afastado a bola, o goleiro disse que deveria ter orientado o companheiro.

Veja também:

linkSão Paulo e Corinthians ficam no 1 a 1

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Faltou comunicação. Eu devia ter gritado. A culpa foi toda minha", explicou-se o goleiro Bosco. "Ele assumiu porque é um grande companheiro. Podia ter afastado a bola antes. O erro foi meu", admitiu, por sua vez, o zagueiro André Dias.

Erros à parte, o meia Jorge Wagner lamentou o resultado, que ampliou em cinco pontos a desvantagem para o líder Palmeiras. "Demos uma força para o Palmeiras. A gente não poderia perder, nem empatar, um jogo como esse", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.