Arte/Estadão
Arte/Estadão

Boselli marca seu primeiro gol e Corinthians derrota o Botafogo

Atacante argentino faz a diferença e time de Fábio Carille chega ao terceiro resultado positivo consecutivo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2019 | 20h54

Sem brilho, mas com eficiência, o Corinthians derrotou o Botafogo por 1 a 0, em Ribeirão Preto, chegou ao terceiro resultado positivo, em noite que marcou duas novidades: o primeiro gol de Mauro Boselli com a camisa alvinegra e Gustagol mostrando uma nova face, a de garçom.

Preocupado com o jogo de quarta-feira, contra o Racing, Fábio Carille decidiu poupar alguns jogadores. Fagner, Sornoza e Gustavo foram alguns dos preservados para o duelo com os argentinos. Se a equipe titular não estava convencendo nas últimas partidas, não dava para esperar que o time misto pudesse fazer algo de diferente. Os resultados, porém, estavam sendo positivos e assim continuou.

Sem criatividade e com dificuldades até para ficar com o domínio da bola, o Corinthians não ofereceu muito perigo ao Botafogo no primeiro tempo. A equipe de Ribeirão Preto também mostrou o motivo de ser um dos times que lutam contra o rebaixamento.

No primeiro tempo, o lance mais relevante foi uma entrada dura do zagueiro Plínio em Ramiro, que lhe rendeu um cartão vermelho direto, para a revolta dos botafoguenses. Na etapa final, o marasmo da partida continuou, até que Fábio Carille revolveu recorrer a sua principal arma nesta temporada: Gustavo. 

Ele entrou no lugar de Vagner Love e a partir daí, a única jogada do Corinthians foi levar a bola para as laterais e cruzar na área, em busca do centroavante, que vive fase iluminada. 

E foi assim que a equipe de Carille conseguiu chegar à vitória, mas não com gol de Gustagol e sim de seu concorrente, Boselli. Aos 37 minutos, Pedrinho cruzou para Gustagol, que ajeitou de cabeça para o argentino dividir com o goleiro e mandar para as redes. Os botafoguenses reclamaram bastante do lance, entretanto, o gol foi validado mesmo assim.  Os minutos finais foram de correria do Botafogo. O desespero impediu que algo acontecesse e o time de Fábio Carille somou mais três pontos no Paulistão e está na liderança do Grupo C. 

FICHA TÉCNICA

Botafogo 0 x 1 Corinthians

Botafogo: Rodrigo Viana; Plínio, Naylhor e Ednei; Maicon Silva (Bruno Moraes), Marlon Freitas, Evandro, Nadson (Pimentinha) e Pará; Felipe Saraiva e Rafael Costa (William Oliveira); Técnico: Roberto Cavalo.

Corinthians: Cássio; Michel, Marllon, Pedro Henrique e Carlos Augusto; Ralf, Ramiro (Clayson), Júnior Urso (Pedrinho) e Mateus Vital; Vagner Love (Gustavo) e Boselli; Técnico: Fábio Carille.

Gol: Boselli, aos 37 do 2º tempo.

Juiz: Raphael Claus.

Cartões Amarelos: Ramiro, Felipe Saraiva, Júnior Urso.

Cartão Vermelho: Plínio.

Público: 5.925 pagantes.

Renda: R$ 106.075,00.

Local: Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.