Bota diz que vai pagar dívida a Dodô

O presidente do Botafogo, Mauro Ney Palmeiro, se reuniu nesta segunda-feira com o atacante Dodô e o procurador do jogador, Maurício Salomão, e disse que já tem disponibilizado o dinheiro para o pagamento dos salários atrasados. Com isso, o dirigente espera firmar um novo contrato e garantir a permanência do atleta. O time realizou mais um treinamento para a estréia do Botafogo no Campeonato Brasileiro, contra o Santos, sábado, na Vila Belmiro. O técnico Arthur Bernardes ainda estuda a melhor formação da equipe para a disputa da competição.

Agencia Estado,

05 Agosto 2002 | 19h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.