Bota enfrenta Santos com força máxima

O Botafogo jogará neste domingo contra o Santos em Ribeirão Preto, pela oitava rodada da série A1 do Campeonato Paulista, com força máxima. Quem está gostando da notícia é o técnico Lori Sandri, que afirma estar aproveitando a oportunidade para testar várias opções, já que esta é a primeira vez na competição que o treinador tem todos os jogadores à disposição. "Como não temos ninguém suspenso ou machucado, vou analisar bem as opções", diz. Mesmo fazendo clima de mistério e não confirmando o time para a partida, a equipe está praticamente definida. A principal novidade deve ser a entrada do atacante Luciano Ratinho. Ele cumpriu suspensão contra o União Barbarense e retorna ao time no lugar de Bira. Outra novidade é o retorno do lateral Jadilson, que está recuperado de uma contusão muscular. O jogador participou do coletivo desta sexta-feira e assumiu a vaga de Renatinho.Mas isso não significa que o jogador esteja com os dias contados entre os titulares. Ele volta a ocupar a posição de Gustavinho, na lateral direita.O atacante Gauchinho, um dos destaques do time no Paulistão, mais uma vez deve ficar no banco de reservas. A dupla de ataque será formada por Leandro e Robert.O time só deve ser definido divulgado no domingo, momentos antes da partida. Neste jogo, por sinal, o time de Ribeirão Preto defenderá uma invencibilidade de 11 onze meses no estádio Santa Cruz. Com 12 pontos ganhos, o Botafogo ocupa a oitava posição na classificação geral da competição. Apesar da distância aparente, o time de Ribeirão Preto está a apenas três pontos dos líderes Rio Branco e São Caetano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.