Bota entusiasmado para estréia na Série B

Do título de campeão brasileiro em 1995 até este sábado, quando estréia na segunda divisão do campeonato nacional, contra o Vila Nova, em Goiás, às 20h30, o Botafogo deixou para trás uma história de glórias, o que envergonhou seus torcedores. Por isso, os jogadores querem provar à torcida que a equipe tem condições de voltar à divisão de elite do futebol.O meia Túlio resumiu o sentimento do grupo ao afirmar que todos estão com vontade de apagar a "má impressão" deixada na disputa do Campeonato Carioca, por causa da eliminação precoce. Contou ainda que a estréia na segunda divisão está sendo aguardada por todos os atletas, dispostos a provarem seu valor.Apesar do entusiasmo dos jogadores, o que considerou ser fundamental para o sucesso na disputa, o técnico Levir Culpi frisou a necessidade de os atletas manterem a atenção, além de controlarem a ansiedade, durante todo o Brasileiro. O treinador lembrou que todas as equipes vão querer ganhar do Botafogo, por causa de sua história.Levir disse não temer o Vila Nova, mas exigiu respeito aos jogadores do Botafogo. "É um adversário de tradição e, por ter uma grande torcida, deve ser respeitado. Mas vamos com bastante confiança em conquistar um bom resultado", afirmou.Para escalar o time, Levir teve um problema, por causa da contusão no púbis do lateral-direito Márcio Gomes. O reserva imediato é Rodrigo Fernandes, que não vem agradando o treinador. Assim, ele estuda a possibilidade de improvisar Túlio na posição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.