Bota troca Cicinho por Rodrigo

O presidente do Botafogo, Mauro Ney Palmeiro, se reuniu nesta quinta-feira com o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-MG, Alexandre Kalil, e ficou decidido que o lateral-direito Cicinho será liberado para atuar no clube mineiro. Em troca, o Alvinegro receberá de volta o meia Rodrigo além de mais dois jogadores. Rodrigo, porém, deverá ser negociado por causa do seu alto salário. Na próxima semana, Mauro Ney e o técnico Abel Braga viajam para Minas Gerais para que o treinador possa observar os jogadores do Atlético e escolher os dois que virão para o Botafogo. Já a reunião que irá decidir o futuro do atacante Dodô foi adiada para a próxima semana, porque o empresário do jogador, Marcel Figer, está viajando. Mauro Ney espera poder acertar a permanência do artilheiro no Alvinegro. "Todos querem que o Dodô fique no clube, desde eu ao Abel, e até o próprio atleta", afirmou o dirigente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.