Érico Leonan / São Paulo
Érico Leonan / São Paulo

Botafogo abre as portas para Diego Souza e celebra mês quase perfeito

Time carioca quer atacante, que vem sendo cobrado pela torcida do São Paulo pela fase ruim do time

Redação, Estadão Conteúdo

28 de fevereiro de 2019 | 12h10

Não é segredo que Diego Souza está na mira do Botafogo para a sequência da temporada. Questionado pela torcida do São Paulo e reserva nos últimos jogo do time, que vem sendo dirigido interinamente, o técnico Zé Ricardo não revelou detalhes da negociação, mas exibiu esperança e desejo que o meia-atacante reforce o time carioca.

"Posso falar novamente que é um atleta de potencial muito grande. Se houver o acerto entre as partes, certamente vai nos ajudar bastante. A temporada é longa e a mescla de jovens com experientes tende a dar muito certo. Diego pode fazer mais de uma função. Vamos deixar acontecer dentro da maior ética e respeito possível", afirmou o treinador.

Embora com altos e baixos, Diego Souza foi o artilheiro do São Paulo em 2018, com 16 gols marcados. Mas ele pode ser liberado, ainda que com o clube recebendo uma compensação financeira, até para reduzir a folha salarial do time após a eliminação na segunda fase preliminar da Copa Libertadores.

A chegada de Diego Souza ajudaria a reforçar um time que está em ascensão. Após cair na fase de grupos da Taça Guanabara, o Botafogo teve desempenho praticamente perfeito, com cinco vitórias e um empate nos seis jogos disputados no mês, com a classificação à segunda fase da Copa Sul-Americana e à terceira fase da Copa do Brasil, assegurada com o triunfo por 3 a 0 sobre o Cuiabá, quarta-feira, no Engenhão.

"São vários fatores, mas acho que o principal é a dedicação dos atletas. Chega a ser irradiante para a gente. Cada vez que chegamos aqui saber que tem um grupo que vai absorver as informações e treinar com comprometimento. Me deixa feliz. Se tiver que enumerar fatores, colocaria a entrega do grupo. É um elenco enxuto, mas todos estão se doando ao máximo. Isso tem dado a segurança de colocar qualquer atleta", afirmou o treinador, exaltando o comprometimento do elenco.

O Botafogo voltará a jogar no sábado, quando vai visitar a Volta Redonda, no Raulino Oliveira, pela segunda rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.