Botafogo: Almir não digeriu vaias

Ídolo da torcida do Botafogo na Série B do ano passado, o atacante Almir ainda não digeriu as vaias da torcida no empate com o Criciúma, por 1 a 1, no sábado passado. Antes do treino de hoje, em General Severiano, o técnico Paulo Bonamigo conversou com o jogador em separado com a intenção de resgatar sua auto-estima. No entanto, não esqueceu de cobrar melhor desempenho do atleta, que agradeceu o apoio do treinador. "Ele está sendo muito sincero comigo, me apoiando muito. Sei que tenho capacidade para dar a volta por cima", declarou Almir, que vai formar o ataque com Schwenck no confronto de quinta, contra o Paysandu, em Belém. Os laterais Ruy e Jorginho Paulista, machucados, não vão atuar. Rodrigo Fernandes e Renatinho, respectivamente, vão substituí-los.

Agencia Estado,

31 Agosto 2004 | 20h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.