Vitor Silva/Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Botafogo anuncia a saída de Paulo Autuori; Bruno Lazaroni é o novo treinador

Clube carioca decide efetivar auxiliar técnico e estreia será em clássico com o Fluminense

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de outubro de 2020 | 14h58

O Botafogo anunciou, nesta quinta-feira, por intermédio de um comunicado, a saída do técnico Paulo Autuori, um dia depois da derrota da equipe para o Bahia, por 2 a 1, em jogo adiado da primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Bruno Lazaroni é o novo treinador e já vai dirigir a equipe no clássico com o Fluminense, domingo, pela 13ª rodada.

"O Botafogo comunica que Paulo Autuori não é mais o técnico da equipe profissional. O Comitê Executivo de Futebol comunica que Bruno Lazaroni é o novo treinador da equipe", informou a nota publicada nas redes sociais do clube.

Autuori também deixou sua mensagem, após uma reunião nesta quinta-feira. "Caro Presidente e membros do Comitê, passo aqui para comunicar que está na hora de proceder mudanças, sem qualquer tipo de constrangimentos. Tanto assim que ontem, para facilitar as coisas, comuniquei aos jogadores que é esse o caminho. Uma coisa é ser persistente, outra, é ser teimoso. Quando os sinais são negativos, é teimosia. Sem espaço para retroceder na atitude já tomada. Por favor, buscar, imediatamente, soluções. Obrigado. Lembranças às famílias."

Campeão brasileiro com o Botafogo em 1995, Autuori assumiu o comando do time em fevereiro, quando substituiu Alberto Valentim. Em 23 partidas, teve 13 empates, seis vitórias e quatro derrotas. No Brasileiro, o desempenho foi muito ruim: 19ª colocação, com 11 pontos em 12 jogos. Seu melhor feito foi obter vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Em outra alteração no departamento de futebol, o Botafogo anunciou a chegada nesta sexta-feira de Tulio Lustosa para ser o gerente de futebol.

Tudo o que sabemos sobre:
Botafogofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.