Vitor Silva/SSPress
Vitor Silva/SSPress

Botafogo aposta em retrospecto no Engenhão para avançar

Time de René Simões venceu os seis jogos que disputou no estádio

Estadão Conteúdo

14 de abril de 2015 | 14h00

O retrospecto do Botafogo no Engenhão em 2015 dá confiança ao time para o duelo desta quarta-feira com o Botafogo da Paraíba, pela Copa do Brasil. Afinal, o time venceu os seis jogos que disputou no seu estádio no Campeonato Carioca. E agora espera ampliar esse bom retrospecto em outra competição.

"Ajuda bastante jogar no Estádio Nilton Santos. Todo mundo que joga aqui dentro sabe a força do Botafogo", afirmou Bill, que vai formar a dupla de ataque com Jobson nesta quarta-feira e elogiou o seu companheiro.

"É um grande rapaz, um cara que está surpreendendo todo mundo. Quem está falando mal dele às vezes quebra a cara. Está bem no clube e com ele mesmo. Está nos ajudando bastante. Ele errou por não ter ficado nem no banco quando foi substituído contra o Fluminense, mas é um cara que está com uma cabeça muito boa", completou.

O duelo com o Botafogo-PB é o primeiro de uma semana em que o time vai decidir o seu rumo nos primeiros torneios da temporada. Afinal, no próximo sábado, vai duelar com o Fluminense pelas semifinais do Campeonato Carioca - a equipe perdeu o primeiro jogo por 2 a 1. Bill garantiu que o Botafogo vai pensar em um duelo de cada vez.

"É uma semana muito importante e estamos bem focados primeiro na Copa do Brasil. Sabemos das dificuldades que vamos encontrar, mas também da nossa qualidade. É jogar com tranquilidade e buscar o resultado positivo. O fator casa também é importante", disse.

ESCALAÇÃO

O técnico René Simões indicou nesta terça-feira que o Botafogo deverá ter apenas uma novidade na sua escalação para o duelo desta quarta. Afinal, Luis Ricardo treinou entre os titulares, assim como Jobson.

Luis Ricardo ocupou a vaga do lateral-direito Gilberto, que deverá ganhar um descanso, com René já pensando no duelo com o Fluminense, no próximo sábado, pelas semifinais do Campeonato Carioca. Já Jobson, embora o treinador tenha exibido insatisfação com as reclamações do jogador por ter sido substituído no jogo anterior, está mantido entre os titulares.

Jobson chegou a treinar entre os reservas na última segunda-feira, mas nesta terça foi confirmado por René. O time da atividade e que vai encarar o Botafogo-PB tem a seguinte formação: Renan; Luis Ricardo, Alisson, Renan Fonseca e Carleto; Diego Giaretta, Willian Arão, Tomas Bastos e Elvis; Bill e Jobson.

Após o empate por 2 a 2 no jogo de ida em João Pessoa, o Botafogo precisa de um empate por até um gol ou de uma vitória para se garantir na segunda fase da Copa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.