Botafogo aposta na sorte de Doni

Se a Ponte Preta vai jogar com o jovem Lauro no gol, o Botafogo responde na mesma moeda. O goleiro do Botafogo é Doni, de 21 anos, que assumiu a condição de titular na partida contra a Portuguesa, na última rodada classificatória. Confiando na condição técnica de sua jovem promessa, a diretoria surpreendeu ao dispensar o experiente Maurício, na semana passada, quando acabou seu contrato.Doni guarda boas lembranças do jogo contra a Ponte, na primeira fase da competição. Na ocasião o goleiro entrou durante a partida, por conta da contusão de Maurício, e foi o herói da vitória nos pênaltis por 3 a 2, após o empate em 1 a 1. Doni defendeu a cobrança de Washington, artilheiro do Paulistão, com 14 gols."Fui bem contra a Ponte naquele jogo. Espero repetir a dose agora nas semifinais", disse o goleiro, que em pouco tempo se tornou ídolo no estádio Santa Cruz. Ele espera uma parada complicada neste domingo. "A Ponte vai ser um adversário difícil. Não é à toa que eles terminaram na primeira colocação", lembra Doni.O goleiro tem um nome esquisito: Donieber. "Sei lá porque minha mãe colocou este nome. Acho que é mistura de Donizete e Cléber", explica o goleiro, candidato a herói num time azarão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.