Vítor Silva/Botafogo
Vítor Silva/Botafogo

Botafogo aposta nos 100% como mandante em Volta Redonda para reagir na Série B

Sem atuar no Engenhão por causa da Copa América, equipe alvinegra enfrenta o Vitória no Raulino de Oliveira, nesta quarta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2021 | 07h45

Sem vencer há três jogos, o Botafogo apostará no aproveitamento de 100% como mandante para tentar se recuperar contra o Vitória nesta quarta-feira, às 21h30, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Só que o palco do duelo será diferente: o Estádio da Cidadania, o Raulino de Oliveira, na cidade de Volta Redonda. Acontece que o Nilton Santos, o Engenhão, continua emprestado à Conmebol para os jogos da Copa América.

Derrotado pelo Sampaio Corrêa por 2 a 0, em São Luis (MA), o Botafogo estacionou nos oito pontos e começa a ver o G4 - zona de acesso - mais distante. A situação do rival, porém, é pior. O Vitória foi derrotado nas últimas duas rodadas. Ao perder em Salvador (BA) por 2 a 1 para o Londrina, o clube baiano se manteve na zona de rebaixamento com apenas seis pontos.

No Botafogo, o técnico Marcelo Chamusca não tem jogadores suspensos. Dentro da sua filosofia de trabalho, ele vai manter a mesma formação que iniciou o jogo no Maranhão. O zagueiro Gilvan, um dos líderes do grupo, tem feito coro com as palavras do técnico. "Quando se veste essa camisa, tem que ser alma e coração o tempo todo. A gente vai continuar na luta e vai conseguir esse acesso", tem repetido Gilvan.

No Vitória, o técnico Ramon Menezes não terá o atacante Samuel, com suspeita de lesão no músculo posterior da coxa esquerda. Assim, Dinei segue no comando de ataque. O treinador deve apostar no esquema com três zagueiros. Diante disso, Mateus Moraes ganha uma nova chance. Na lateral esquerda, a dúvida segue entre Roberto e Pedrinho.

Ramon Menezes tem seis jogos no comando do Vitória, sendo duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Para Dinei, os números só não são melhores por causa das finalizações. "Para mim é conclusão (a maior dificuldade do time). Como falei, nossa equipe é uma das que mais finaliza. É o terço final. Temos que caprichar mais para a bola entrar", analisou.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO X VITÓRIA

BOTAFOGO - Douglas Borges; Warley, Kanu, Gilvan e Guilherme Santos; Luis Oyama, Pedro Castro, Marco Antônio, Ronald e Rafael Navarro; Chay. Técnico: Marcelo Chamusca.

VITÓRIA - Lucas Arcanjo; Wallace, Marcelo Alves e Mateus Moraes; Raul Prata, Gabriel Bispo, Pablo Siles, Soares e Roberto (Pedrinho); David e Dinei. Técnico: Ramon Menezes.

ÁRBITRO - Lucas Paulo Torezin (PR).

HORÁRIO - 21h30.

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.