Divulgação
Divulgação

Botafogo bate Bangu e alcança liderança provisória no Carioca

Alvinegro conta com um jogador a mais na maioria da partida; equipe agora tem 10 pontos conquistados no começo do torneio estadual

MARCIO DOLZAN, O Estado de S. Paulo

11 de fevereiro de 2015 | 19h09

O Botafogo enfrentou um Bangu esforçado nesta quarta-feira, mas fez valer a vantagem numérica durante a maior parte do jogo, venceu por 3 a 0 e alcançou a liderança provisória do Campeonato Carioca, com 10 pontos em quatro jogos. A partida foi realizada no Estádio de Los Larios, em Duque de Caxias.

Apesar do placar dilatado, o jogo não foi fácil para o time alvinegro. Os primeiros dez minutos foram bem parelhos, com o Bangu procurando tocar a bola na região central e tentando jogadas de linha de fundo. O Botafogo, por sua vez, marcava com consistência e repetia uma tática que se mostrara acertada nas partidas anteriores, apostando na ligação em velocidade para Rodrigo Pimpão e Bill.

Mas o panorama mudou aos 13, quando o Bangu teve uma perda importante. O goleiro Márcio foi expulso após fazer falta em Pimpão fora da área. Para fazer a reposição, o técnico Mário Marques optou por sacar o atacante Bruno Luiz, e o time se retraiu.

Pouco depois, Rodrigo Pimpão sentiu a coxa e foi substituído por Jobson. E, em sua primeira participação, o atacante foi à linha de fundo pela esquerda e tocou na pequena área para Bill apenas empurrar e abrir o marcador.

Jobson acabaria se transformando no destaque da primeira etapa. Dos pés deles saíram as jogadas mais perigosas do Botafogo, ora caindo pelo flanco esquerdo, ora pelo direito. Mesmo assim, o primeiro tempo encerraria com o placar apontando 1 a 0.

Na etapa final, o Bangu voltou um pouco mais ofensivo. Mas, com a um menos, passou a ceder espaços generosos para os contragolpes do Botafogo, especialmente pelo lado direito, onde Iago não conseguia apoiar e voltar com a mesma intensidade.

Assim, o time de René Simões foi se soltando e controlando a partida. Bill ampliou o marcador aos 26, após cobrança de escanteio, enquanto Jobson fechou o placar aos 34, com direito a drible no goleiro.

FICHA TÉCNICA

BANGU 0 X 3 BOTAFOGO

BANGU - Márcio; Iago, Sérgio Raphael, Luiz Felipe e Guilherme; Ives, Magno, Raphael Augusto (Carlos Alberto) e Almir; Matheus Pimenta (Marcos Vinícius) e Bruno Luiz (Bruno Miranda). Técnico: Mário Marques.

BOTAFOGO - Jefferson; Gilberto, Roger Carvalho, Renan Fonseca e Thiago Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão, Diego Jardel (Sassá) e Tomas (Fernandes); Rodrigo Pimpão (Jobson) e Bill. Técnico: René Simões.

GOLS - Bill, aos 20 minutos do primeiro tempo; Bill, aos 26, e Jobson, aos 34 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Bill, Raphael Augusto, Roger Carvalho e Marcelo Mattos.

CARTÃO VERMELHO - Márcio.

ÁRBITRO - Luís Antônio Silva dos Santos.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio de Los Larios, em Duque de Caxias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.