Vitor Silva/SSPress/Botafogo.
Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

Botafogo bate Boavista e assume liderança do seu grupo na Taça Guanabara

Atacante Brenner fez o único gol da partida realizada no estádio Nilton Santos

Estadão Conteúdo

28 Janeiro 2018 | 19h26

O Botafogo esteve longe de ser brilhante, mas fez o suficiente para voltar a vencer e encaminhar a classificação às semifinais da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. Com gol do atacante Brenner, o time superou o Boavista por 1 a 0, neste domingo, no Engenhão, pela penúltima rodada.

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Carioca

Esta foi a segunda vitória consecutiva do Botafogo, que havia empatado nos dois primeiros compromissos e derrotado o Macaé, por 2 a 1, no meio de semana. O resultado fez o clube de General Severiano assumir a liderança do Grupo C, com oito pontos, e ficar muito próximo da vaga. O Boavista, por sua vez, caiu para segunda posição, com seis pontos.

O Botafogo foi melhor no primeiro tempo e não encontrou dificuldades para controlar o jogo. O grande problema foi transformar o domínio em chances reais. Tanto que ao término da etapa, o time tinha apenas duas conclusões à meta do goleiro Rafael.

A única oportunidade clara aconteceu em um lance incrível aos 29 minutos. O meia João Paulo bateu colocado da entrada da área, mas Rafael desviou com a ponta dos dedos na trave. No rebote, o atacante Brenner chutou, a bola desviou na zaga e carimbou o travessão. A sobra ainda ficou para o atacante Rodrigo Pimpão, que tentou uma bicicleta, mas sem sucesso.

Depois de sair vaiado para o intervalo, o time botafoguense voltou mais ofensivo na segunda etapa. E acabou premiado pela postura logo no início. O lateral Gilson foi derrubado na área pelo zagueiro Kadu Fernandes, aos três minutos, e o árbitro João Batista de Arruda assinalou pênalti. Na cobrança, aos quatro, Brenner só deslocou Rafael para abrir o placar. A vantagem aliado ao forte calor superior a 30ºC fez o Botafogo diminuiu o ritmo no restante do segundo tempo, fazendo o suficiente para assegurar a sua vitória.

No próximo sábado, às 19 horas, o Botafogo volta a campo para enfrentar o Madureira, novamente no Engenhão. Enquanto isso, o Boavista visita a Portuguesa, no mesmo dia e horário, no estádio Luso-Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 X 0 BOAVISTA

BOTAFOGO - Jefferson; Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, João Paulo e Léo Valencia (Renatinho); Rodrigo Pimpão (Ezequiel), Brenner (Dudu Cearense) e Luiz Fernando. Técnico: Felipe Conceição.

BOAVISTA - Rafael; Thiaguinho, Gustavo Geladeira (Elivelton), Kadu Fernandes e Júlio César; Douglas Pedroso (Vítor Faísca), Willian Maranhão (Marquinho), Erick Flores, Caio Cézar e Cláudio Maradona; Leandrão. Técnico Eduardo Allax.

GOL - Brenner, aos quatro minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - João Batista de Arruda.

CARTÕES AMARELOS - Igor Rabello (Botafogo); Erick Flores, Thiaguinho (Boavista).

RENDA - R$ 62.560,00.

PÚBLICO - 3.003 pagantes (3.762 presentes).

LOCAL - Estádio Engenhão, no Rio.

Mais conteúdo sobre:
Botafogo Campeonato Carioca de Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.