Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Botafogo busca recuperação e Flu tenta alcançar líderes em clássico no Engenhão

Novidade da equipe de General Severiano deve ser o atacante uruguaio Rodrigo Aguirre

Estadão Conteúdo

14 Maio 2018 | 07h14

O clássico carioca entre Botafogo e Fluminense é o destaque do fechamento da quinta rodada do Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira, às 20 horas, no Engenhão, no Rio de Janeiro. O alvinegro joga em casa com a missão de recuperar na competição. Já o time tricolor quer manter o bom desempenho das últimas rodadas e seguir na parte de cima da tabela, sendo que uma vitória fará a equipe a se igualar aos líderes Flamengo, Corinthians e Atlético-MG com 10 pontos.

+ Com desconforto muscular, Valencia desfalca Botafogo no clássico com o Fluminense

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

O Botafogo, do técnico Alberto Valentim, vem de derrota para o Cruzeiro (1 a 0), no Mineirão. Tem cinco pontos em quatro jogos e apenas uma vitória até agora na competição. A novidade da equipe de General Severiano deve ser o atacante uruguaio Rodrigo Aguirre, que fica à disposição do treinador, ao menos no banco de reservas, após dois meses de treinamentos para adquirir condição física.

Enquanto o gringo não atua, o jovem Brenner, de 24 anos, vem superando a desconfiança com boas atuações. Ele chegou ao clube no meio do ano passado, em negociação com o Internacional. E tem dado conta do recado, suprindo a ausência do centroavante Roger, hoje no Corinthians. A orientação de Alberto Valentim para o setor ofensivo do Botafogo é aprimorar as finalizações.

Pelos lados do Fluminense, o destaque é o jovem atacante Pedro, de 20 anos, cria da base. Ele também começou o ano sob incertezas. Mas aos poucos foi pegando confiança e hoje é o artilheiro da equipe tricolor, com 10 gols na temporada. O jogador, inclusive, já é observado por equipes como Roma e Milan, da Itália.

O time das Laranjeiras soma sete pontos, com duas vitórias, um empate e apenas uma derrota no Campeonato Brasileiro - revés na primeira rodada da competição. O técnico Abel Braga preparou a equipe para manter o bom desempenho na competição, apesar do desgaste do último jogo, quinta-feira, realizado em uma altitude de mais de 4.000 metros e no frio da Bolívia, contra o Nacional Potosí, pela Copa Sul-Americana.

Ao contrário do que muitos acreditavam, o Fluminense treinou forte na manhã deste domingo, na preparação final para o clássico. A expectativa era de atividade leva, mas Abel Braga realizou treinamento de uma hora e meia. Numa parte, simulou diversas situações de jogo sempre exigindo intensidade e velocidade nas tomadas de decisão dos atletas. Em outra, o elenco praticou finalizações e jogadas de bola parada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.