Fábio Motta/AE - 9/3/2010
Fábio Motta/AE - 9/3/2010

Botafogo busca título, mas Flamengo tenta adiar decisão

Adriano tem sua escalação quase certa no jogo do Maracanã, que pode definir o campeão estadual

AE, Agência Estado

18 de abril de 2010 | 07h32

Nos últimos anos, Botafogo x Flamengo se tornou a rivalidade mais acirrada do futebol do Rio, devido aos inúmeros enfrentamentos entre ambos em decisões - foram três finais estaduais consecutivas, todas com vitórias flamenguistas, além das disputas de turno - e ao equilíbrio dos jogos. Neste domingo, às 16 horas, no Maracanã, os rivais voltam a se enfrentar em partida decisiva, que pode definir o título do Campeonato Carioca.

Assim como aconteceu no ano passado, o Botafogo tem a chance de conquistar o título estadual por antecipação, sem a necessidade de final. Afinal, foi o campeão da Taça Guanabara e, se repetir o feito na Taça Rio, neste domingo, será o campeão carioca. O Flamengo, por outro lado, luta para vencer o segundo turno do campeonato e, assim, adiar a decisão para uma finalíssima.

Dessa vez, os clubes entram pressionados em campo. Especialmente o Flamengo. O time do técnico Andrade vive semana turbulenta, correndo o risco de eliminação precoce na Libertadores e com brigas internas entre os jogadores. No Botafogo, a vexatória queda na Copa do Brasil, diante do Santa Cruz no Engenhão, ainda repercute mal, mas o título carioca pode mudar completamente o clima.

Os botafoguenses procuram não se deixar levar pela turbulência no rival e pregam respeito. "O Flamengo é o atual tricampeão carioca, venceu o último Brasileiro e sabemos que é um adversário qualificado. Será um jogo muito brigado. Precisamos ser inteligentes para sair com a vitória", disse o atacante uruguaio Loco Abreu, titular do Botafogo.

Do lado do Flamengo, Andrade tem algumas dúvidas para armar o time. A principal delas é Adriano. O atacante se diz recuperado das dores nas costas que o afastaram das últimas três importantes partidas do time. Assim, ele deve jogar neste domingo. "Estou me sentindo muito bem. Só não jogo se Deus não quiser", garantiu o astro flamenguista.

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato CariocaFlamengoBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.