Botafogo busca vitória na Bahia para seguir vivo por G4

O técnico Oswaldo de Oliveira estabeleceu como prioritários os três próximos jogos do Botafogo, a começar pelo deste domingo contra o Bahia, às 16 horas, no estádio de Pituaçu, em Salvador, pela 27.ª rodada, para que o time possa ao menos assegurar uma vaga na Copa Libertadores - teria para isso que chegar entre os quatro melhores do Campeonato Brasileiro. A dificuldade maior, segundo o treinador, é a força da torcida baiana, que fez um pacto para apoiar a equipe nordestina a se livrar do risco de rebaixamento.

AE, Agência Estado

30 de setembro de 2012 | 09h14

Após o confronto contra o Bahia, o Botafogo terá como adversários o Fluminense e o Santos, ambos no Engenhão. O time está em sexto lugar, com 40 pontos, a quatro do Vasco, que ocupa a quarta posição. Entre os dois há o São Paulo, em ascensão, com 42 pontos.

Oswaldo de Oliveira aposta no talento de Seedorf para desequilibrar o jogo em Salvador. O holandês vem de ótima atuação contra o Corinthians (2 a 2), jogo em que marcou dois belos gols.

O meia Fellype Gabriel reclamou de dores musculares no treino da última sexta-feira, foi poupado, mas os médicos do Botafogo disseram que ele vai ter condições de jogo. O principal desfalque continua sendo o meia Renato, contundido. Sua vaga permanece por enquanto com Gabriel. Para o goleiro Jefferson, o time alvinegro está cada vez mais maduro e experiente e tem todas as condições de voltar da Bahia com uma vitória.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.