Botafogo, com Ramon, pega Friburguense

O Botafogo confia na capacidade técnica e na experiência do estreante meia Ramon para derrotar o Friburguense nesta terça-feira, às 20h30, no Estádio Eduardo Guinle, e se manter na liderança do grupo A da Taça Guanabara - primeiro turno do Campeonato Carioca. Apesar da boa impressão deixada na primeira partida oficial do Alvinegro em 2005, quando derrotou o América, por 3 a 2, o discurso dos jogadores nesta segunda era de respeito ao adversário, que tem por costume arrancar alguns pontos dos rivais quando atua em Nova Friburgo, na região serrana do Rio.As dimensões reduzidas do campo e a forte pressão exercida pelos torcedores do Friburguense incentivam a equipe da casa a buscar o ataque durante boa parte dos 90 minutos. Por isso, manter a atenção na defesa, valorizar a posse da bola e explorar os contra-ataques são as principais instruções do técnico Paulo Bonamigo ao elenco alvinegro. "Não se pode deixar o adversário jogar com liberdade. Tem que marcar em cima", declarou Bonamigo, que optou por antecipar a estréia de Ramon, prevista para o clássico contra o Vasco, pela terceira rodada da Taça Guanabara. O meia vai entrar na vaga de Juca, suspenso.Apesar da falta de ritmo de jogo, Ramon acha positivo começar jogando para acelerar o entrosamento com os companheiros, além de melhorar a parte física. "Vai na base da superação e da vontade. O campeonato é tiro curto e estou bastante motivado e confiante que vou estrear bem pelo Botafogo".Já o atacante Guilherme, contratado juntamente com Ramon, ainda não tem condições físicas de iniciar uma partida. Por opção do treinador, ele nem ficará no banco de reservas. Permanecerá treinando em General Severiano para estrear contra o Vasco, no domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.