Botafogo comemora muito a permanência

Os jogadores do Botafogo comemoraram o empate que manteve o clube na primeira divisão como uma conquista de título, com direito a lágrimas e palavras de garra, todos lembraram a luta do grupo durante a semana.O técnico Paulo Bonamigo gritava, enquanto corria em direção à pequena torcida que acompanha o clube, para agradecer o apoio. "Eu disse para vocês virem, eu disse para acreditar", gritava para em seguida, mais calmo, analisar o resultado como o mais justo. "Nosso time cumpriu tudo o que foi trabalhado e acabou compensado com a permanência na primeira divisão".Para ele, os jogadores tiveram atitude e mostraram amor à camisa."Além das carreiras de cada um, todos pensaram no que representa o Botafogo", disse, negando seu retorno ao futebol paranaense, possivelmente o Atlético. "Acabei de sair de uma decisão e seria antiético falar nisso agora".Depois de ser carregado nos ombros de seus companheiros, o meia Valdo se despediu do futebol profissional, agradecendo o apoio que recebeu também dos mais jovens. "Foi um presente do "Papai do Céu", nós queríamos muito esse resultado para terminarmos o ano de forma feliz", disse.O presidente Bebeto de Freitas foi taxativo e disse que a situação deverá mudar para evitar o sofrimento deste ano. "Aprendemos muito com algumas coisas que aconteceram e este campeonato nos ensinou muitas coisas que serão revistas para 2005".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.