Botafogo: concentração para evitar provocações

Equipe se prepara para partida decisiva diante do rival Flamengo, no domingo

Redação,

10 de abril de 2008 | 19h17

A semifinal da Taça Rio contra o Flamengo, no domingo, é uma obsessão para o Botafogo. Isso ficou evidente na decisão de abandonar a concentração tradicional, na sede em General Severiano, e a de Niterói, e subir a serra. A equipe treinará nesta sexta-feira e sábado na Granja Comary, em Teresópolis, para se manter à distância de distrações. "Vamos preparar o espírito com tranqüilidade. Lá, evitamos de ir à padaria e ouvir provocações", comentou o técnico Cuca.Os jogadores aprovam a idéia. "Poderemos descansar e esfriar a cabeça. Pensaremos apenas nesse jogo, que é muito importante para a gente", disse o zagueiro André Luis, que ganhou a posição de titular do argentino Ferrero. "Não me considero titular absoluto. Preciso continuar trabalhando duro."Cuca tende a manter a equipe que derrotou o River, do Piauí, por 2 a 0 na quarta-feira, pela Copa do Brasil, classificando o Alvinegro às oitavas-de-final da competição. "Temos que ter a mesma entrega e determinação contra o Flamengo que tivemos contra o River. Assim, poderemos vencer", opinou o treinador, que ainda guarda uma dúvida, porém.Por conta das boas atuações no ataque, Fábio poderá tirar o lugar de Zé Carlos, que voltou de contusão no tornozelo mas ainda não está em plenas condições. Assim, Jorge Henrique recuaria para o meio-campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.