Vitor Silva/Divulgação
Vitor Silva/Divulgação

Botafogo conta com falha feia do goleiro do Macaé e ganha outra

Líder disparado da Série B faz 2 a 1 no Engenhão e dispara

LUCIANO PÁDUA, ESPECIAL PARA A AE, Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2015 | 21h17

Contando com uma falha bizarra do goleiro Rafael, do Macaé, o Botafogo venceu mais uma nesta terça-feira e aumentou sua vantagem na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando no Engenhão, o time da casa derrotou o Macaé por 2 a 1, em jogo marcado pelo erro que originou o primeiro gol do Botafogo.

Com o resultado, o Botafogo chegou aos 55 pontos, liderando com folga a tabela. O Macaé se complicou, seguindo com 31 pontos. Caiu para a 16ª posição, na beira da zona de rebaixamento.

O Botafogo começou melhor no jogo. Aos 2 minutos, Navarro recebeu na área, girou e chutou, mas a defesa do Macaé mandou para escanteio. O jogo seguia sendo construído até que, aos 10 minutos, o goleiro Rafael falhou terrivelmente quando Igor Julião recuou a bola e ela passou embaixo do seu pé: 1 a 0.

Aos 19, Carleto cruzou rasteiro pela esquerda, Rafael deixou passar e a bola cruzou a frente de William Arão. Aos 29, subida do Macaé: Pipico invadiu a área pela direita e chutou, mas a zaga do Botafogo afastou. Na sequência, Julião chutou e Jefferson defendeu. No contra-ataque, Fernandes recebeu na intermediária, limpou e fez um excelente chute que foi forte no ângulo direito do goleiro Rafael.

Com a desvantagem, o Macaé se lançou ao ataque. Aos 36, Diego encontrou Aloísio livre dentro da área. O meia recebeu o cruzamento, cabeceou e marcou. Depois do gol, o time do norte fluminense tentou pressionar, mas foi barrado pela defesa alvinegra.

A segunda etapa foi aberta. Logo aos 6 minutos, em contra-ataque, Navarro recebeu na área, mas não finalizou. A bola sobrou para Daniel Carvalho, que chutou com curva e obrigou o goleiro Rafael a espalmar. A defesa afastou o perigo.

Mas foi o Macaé que pressionou os donos da casa. Aos 9, em bola lançada na área, Manga superou os zagueiros e cabeceou. Jefferson espalmou para escanteio. Aos 12, Juninho recebeu na entrada da área e chutou cruzado. Jefferson defendeu em dois tempos. Aos 22 minutos, em falta cruzada na área, o zagueiro Ramon cabeceou bem, Jefferson espalmou e, na sobra, o defensor completou para o gol. O árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro, no entanto, anulou o tento porque o jogador estava impedido.

Aos 26, Carleto errou na saída de bola, Juninho aproveitou, fez tabela com Pipico e recebeu livre dentro da área próximo à linha de fundo. Cruzou para Anderson Manga, que chutou para fora. O Macaé jogava melhor, mas não conseguiu transformar a pressão em gol. Aos 34, novo impedimento, dessa vez de Gedeil, que havia subido sozinho para cabecear com perigo ao gol de Jefferson.

O Botafogo se acomodou com a vantagem e não buscou lances de perigo. Deu muitos espaços para o Macaé, que não foi bem sucedido na tarefa de empatar o jogo.

As equipes voltam a jogar no próximo fim de semana. O Botafogo vai a São Luís na sexta-feira para enfrentar o Sampaio Corrêa, no Castelão, às 21h. O Macaé recebe o ABC no Moacyrzão, no sábado, às 16h30.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 x 1 MACAÉ

BOTAFOGO - Jefferson; Luis Ricardo, Renan Fonseca (Alisson), Diego Giaretta e Carleto; Rodrigo Lindoso, Willian Arão, Fernandes e Daniel Carvalho (Elvis); Neilton (Sassá) e Navarro. Técnico: Ricardo Gomes.

MACAÉ - Rafael; Igor Julião (Dos Santos), Frauches, Ramon, Diego, Gedeil, Alisson, Juninho, Aloísio, Fernando Santos (Anderson Manga); Pipico (Anselmo). Técnico: Josué Teixeira.

GOLS - Igor Julião, contra, aos 6 minutos do primeiro tempo; Fernandes, aos 29 minutos do primeiro tempo; Aloísio, aos 36 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Thiago Carleto e Alisson (Botafogo); Igor Julião, Gedeil, Pipico e Ramon (Macaé)

ÁRBITRO - Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ).

PÚBLICO - 6.215 pagantes (8.008 no total).

RENDA - R$ 142.355,00

LOCAL - Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BBotafogoMacaé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.