Fabio Castro/AGIF
Fabio Castro/AGIF

Botafogo contesta súmula de árbitro que expulsou Seedorf, no domingo

No relato, ele alega ter sido desrespeitado pelo holandês: 'Você está de palhaçada'

AE, Agência Estado

25 de março de 2013 | 20h33

RIO - O Botafogo contestou nesta segunda-feira a súmula do árbitro que expulsou o meia Clarence Seedorf no último domingo, na vitória sobre o Madureira por 2 a 1, em Moça Bonita, pelo segundo turno do Campeonato Carioca. No relato, ele alega ter sido desrespeitado pelo holandês: "Você está de palhaçada. Vou sair por lá. Saio por onde eu quiser", teria dito o jogador. O clube nega que Seedorf tenha feito as afirmações.

"Vamos esperar o julgamento. Só a partir daí que o caso terá continuidade. Dentro do julgamento, todas as questões serão levantadas. Conversamos com o atleta e de antemão afirmo que ele não disse aquilo. Não é porque está na súmula que o atleta está condenado. Estamos otimistas", disse o gerente executivo de futebol do clube, Aníbal Rouxinol.

Seedorf foi expulso - pela segunda vez na carreira - depois de receber o primeiro cartão amarelo e, menos de um minuto depois, o segundo, já nos acréscimos do jogo. O holandês seria substituído por André Bahia; o árbitro Philip Georg Bennett pediu que ele saísse pela lateral do campo mais próxima, mas o meia seguiu para o outro lado.

Apesar das afirmações do gerente de futebol, o presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, evitou comentar a polêmica, depois de assistir ao treino desta segunda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.