Vitor Silva/BFR
Vitor Silva/BFR

Botafogo dá luva dourada a Jefferson por seus 300 jogos

Elaborada pelo departamento de marketing do Botafogo, a homenagem emociona o goleiro

AE, Agência Estado

17 de julho de 2013 | 16h37

RIO - Depois de ter amargado uma derrota por 2 a 1 para o Grêmio, no último domingo, em Porto Alegre, no jogo em que completou 300 jogos com a camisa do Botafogo, o goleiro Jefferson foi homenageado pelo clube nesta quarta-feira pela sua marca. O jogador recebeu das mãos do presidente Mauricio Assumpção, no CT João Saldanha, uma luva dourada suspensa por uma haste e a tradicional estrela solitária do clube no meia dela, acondicionada em uma caixa de acrílico.

Elaborada pelo departamento de marketing do Botafogo, a homenagem emocionou o goleiro, convocado para defender o Brasil como um dos reservas do titular Julio Cesar na edição passada da Copa das Confederações.

"Quero agradecer ao Botafogo por essa homenagem. Só o gesto de o presidente e o Francisco Fonseca (vice-presidente de futebol) estarem aqui já diz tudo, do tanto que passei e plantei aqui. Agradeço a essa diretoria maravilhosa e competente. Fico muito orgulhoso de vestir essa camisa, fazer história e representar o clube na seleção brasileira. Meu coração está aqui dentro. Tudo que puder fazer para ajudar o Botafogo farei, é meu sonho vestir essa camisa. Que venham mais jogos e mais títulos", projetou o goleiro.

Maurício Assumpção também exaltou o papel de liderança exercido pelo capitão do Botafogo, que nesta quarta-feira destacou que procurou fugir das habituais placas comemorativas e das camisas com número de jogos disputados nas costas, para trazer "algo diferente e ligado a Jefferson".

"No futebol de hoje não é todo dia que se completa uma marca tão expressiva de jogos como o Jefferson. Ele tem história diferenciada. Chegou ao Botafogo, saiu, voltou, foi duas vezes campeão (carioca) e importantíssimo em ambas. Não à toa é capitão, representa jogadores e instituição. Não só pelas grandes atuações, que o fizeram chegar à seleção, mas por trabalhar para chegar. Não costumo estar nesse tipo de ação, mas hoje fiz questão de estar aqui para fazer a homenagem ao Jefferson. O Botafogo é muito grato por tudo que ele tem feito como jogador e homem, pela postura profissional", ressaltou o dirigente.

O primeiro jogo de Jefferson após a homenagem desta quarta será neste sábado, quando o Botafogo enfrentará o Náutico, às 18h30, em São Januário, com o objetivo de voltar à liderança do Campeonato Brasileiro, perdida na rodada passada. "Será nosso primeiro jogo no Rio de Janeiro após muito tempo, convocamos a torcida para comparecer. Com certeza faz a diferença. Estamos em um caminho excelente. Nesse sábado vamos em busca de voltar à primeira colocação", afirmou o goleiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoJeffersonBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.