Botafogo dará poderes para dirigentes

O presidente do Botafogo, Mauro Ney Palmeiro, disse hoje que se Rubens Minelli e Bebeto de Freitas forem contratados para os cargos de diretor técnico e diretor executivo, respectivamente, terão plenos poderes para comandar o futebol do clube. Palmeiro afirmou que só tratará de contratações após a definição da negociação com esses dirigentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.