Marcos Acoverde/AE - 25/10/2009
Marcos Acoverde/AE - 25/10/2009

Botafogo demite o técnico Estevam Soares

Após derrota por 6 a 0 para o Vasco, treinador perde o emprego; Joel Santana pode ser contratado

AE, Agencia Estado

25 de janeiro de 2010 | 21h10

A diretoria do Botafogo chegou a garantir a permanência do técnico Estevam Soares após a goleada sofrida para o Vasco, por 6 a 0, no domingo, pelo Campeonato Carioca. Não foi o que ocorreu. Após realizar reunião na noite desta segunda-feira, a direção voltou atrás e anunciou a saída do treinador, muito hostilizado pela torcida após a derrota no Engenhão. Joel Santana está cotado para assumir o time.

 

"Sinto muito pela saída, pois tínhamos um planejamento para este ano. O trabalho estava começando e os resultados viriam conforme o andamento da competição. Agradeço a diretoria pela oportunidade me dada no ano passado e desejo o melhor para o Botafogo", afirmou o treinador.

Estevam Soares estreou no Botafogo em 15 de agosto de 2009, no empate em 1 a 1 com o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro. Ele dirigiu a equipe em 30 jogos, com 11 vitórias, 8 empates e 11 derrotas. Com a saída do treinador, deixam o clube também o auxiliar Gerson Sodré e o preparador físico Lino Fachini.

Contratado durante o Brasileirão após realizar boa campanha pelo Barueri, o técnico chegou ao clube para substituir Ney Franco. Na época, a equipe carioca estava na 15.ª colocação e lutava para escapar do rebaixamento, missão que Estevam conseguiu cumprir na última rodada.

O contrato inicial do treinador venceu em dezembro do ano passado. E como a diretoria estava satisfeita, renovou até o final de 2010. Estevam chegou a vencer os dois primeiros jogos pelo Campeonato Carioca, mas não resistiu a pressão após a goleada sofrida para o Vasco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.