Botafogo derrota América na abertura da Taça Rio

Vice-campeão da Taça Guanabara, equipe do técnico Cuca sofre para fazer 1 a 0 no Engenhão

Leonardo Maia, Agência Estado

01 de março de 2008 | 18h07

Na abertura da Taça Rio, o Botafogo recebeu o América no Engenhão, neste sábado, e, num jogo modorrento, venceu por 1 a 0. Wellington Paulista marcou o gol alvinegro e o Botafogo marcou seus três primeiros pontos no returno do Campeonato Carioca. Como o Madureira derrotara o Macaé mais cedo, os dois clubes saem na frente no Grupo B. Veja também: Fluminense vence e lidera o Grupo A da Taça Rio Vasco estréia diante do Boavista na Taça Rio Flamengo pega Resende no início da disputa da Taça Rio O Alvinegro, como esperado, dominava a posse de bola, mas era incapaz de criar chances evidentes de gol por errar o último passe, prejudicado em parte pelo péssimo estado do gramado do Engenhão. O América demonstrava total incapacidade ofensiva e só uma bola vadia poderia ter oferecido perigo ao gol de Castillo. A primeira oportunidade clara só surgiu aos 29 minutos. Jorge Henrique disputou bola na esquerda e cruzou para Wellington Paulista perder gol inacreditável. O artilheiro do Botafogo, porém, contaria c  Botafogo1Castillo; Alessandro    , Renato Silva    , Ferrero e Triguinho; Diguinho, Túlio    , Abedi (Wellington Júnior) e Adriano Felício; Jorge Henrique     e Wellington Paulista (Escalada)Técnico: Cuca América0Paulo Vitor; Cléberson    , Oliveira, Niltão     (Jeffinho) e Carlinhos; Éverton     (Rodrigo Silva), Lucas (Marco Brito), Bruno Carvalho e Elvis    ; Maciel e FernandoTécnico: GaúchoGols: Wellington Paulista, aos 33 do primeiro tempoÁrbitro: João Batista de ArrudaEstádio: Engenhãoom um pouco de sorte para se redimir. Quatro minutos depois, ele experimentou de fora da área e o goleiro Paulo Vitor errou feio. Sexto gol de Wellington no Estadual. O segundo tempo foi ainda pior do que o primeiro. O Botafogo não demonstrava muito interesse em abrir vantagem e chamava o América para sair em contra-ataques. Mas o time rubro parecia temeroso em buscar o empate e a partida se tornou um tédio completo. Cuca, julgando que a vitória estava garantida, resolveu testar Wellington Júnior, no lugar de Abedi, e Escalada, trocado por Wellington Paulista. E quase que a soberba foi castigada. O América decidiu atacar a partir dos 30 minutos. Com campo para jogar, chegava em bolas lançadas sobre a área e pelas laterais do campo. Mas a incapacidade dos jogadores americanos é simplesmente de doer. O rebaixamento para a série B do Carioca parece cada vez mais próximo.

Tudo o que sabemos sobre:
Estadual do RioBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.